Close

Comunidade Coração Novo inicia projeto de construção de Centro de Espiritualidade em Piraí

“Um sonho que eu guardo no meu coração a pelo menos 15 anos”, é assim que IzaiasCarneiro, fundador da Comunidade Coração Novo, define o Centro de Espiritualidade Coração Novo. Um espaço consagrado a Deus para a realização de retiros e a construção do Santuário do Cordeiro que tem como marco inicial o ano de 2017, quando a Comunidade Coração Novo recebeu a doação de um terreno que corresponde ao projeto.

O lançamento da pedra fundamental do Centro aconteceu durante um retiro da Comunidade Coração Novo entre os dias 8, 9 e 10 de agosto de 2017. Estavam presentes no retiro Dan Almeter, membro da Catholic Fraternity, conselheiro, líder e professor na Comunidade Alleluia, em Augusta, Geórgia, comunidade onde vivem mais de 200 famílias de mais de 12 denominações diferentes, além do próprio Dom Francisco Biasin, o prefeito da cidade Piraí Luiz Antônio da Silva Neves, o vice-prefeito Francisco Perota da Cunha, o presidente da OAB, o secretário de meio ambiente e o de governo da população local.

A placa da pedra fundamental do “Santuário do Cordeiro” foi descerrada na parte mais alta do terreno onde será construído o Centro. Agora, a Comunidade dá início a uma campanha para começar a edificação do santuário. O missionário católico e fundador da Comunidade Coração Novo, Izaías de Souza Carneiro, fala sobre a perspectiva para aqueles que desejarem conhecer o Centro: “Nós acreditamos que será um oásis para aqueles que acreditam na unidade da igreja no Brasil, um lugar para ajudar as pessoas a se encontrarem para se fortalecer no caminho da unidade entre os cristãos”.

Como tudo começou?

Izaias conta que a inspiração veio logo no início da Comunidade.  “Eu estava dentro do metrô muito lotado e fui impulsionado a encontrar um papel no meu bolso e desenhei neste pequeno pedaço de papel algo que chamei de condomínio espiritual”, conta. A inspiração dizia respeito a pessoas que desejam assumir um estilo de vida nos moldes do evangelho para sustentar seu matrimônio, educar seus filhos ou viver uma vida celibatária, seguindo o que Deus chamava cada pessoa individualmente.

“Em 25 de Dezembro de 2009 eu conheci uma pessoa chamada Lúcia Montenegro e sua filha Vanessa Trevisol”, relata. As duas administram juntas o hotel fazenda São João na Cidade de Pirai.  No dia 26 de Janeiro de 2010 Izaias teve o primeiro contato com a fazenda.

Passados alguns anos, a nossa amizade com Lúcia amadureceu e os dois decidiram dar um passo importante: começaram a orar para escutar o Senhor sobre o que Ele queria por haver permitido que nos se conhecessem. Depois de mais alguns anos e de alguns sinais, Izaias conta que Lúcia sentiu-se impelida a ofertar um pedaço de sua fazenda para que fosse consagrado para algo em relação ao propósito de Deus e da Unidade. “Neste momento eu me lembrei do meu sonho do condomínio espiritual”, lembra.

A escuta de Deus

Depois disso, Izaias decidiu novamente colocar-se em oração para ouvir a Deus. “Chamei alguns amigos sacerdotes para estar na fazenda comigo para orar”.  Um deles, o Padre Douglas, trouxe também alguns pastores e formou-se o que Izaias chama de “tempo de comunhão”.

A decisão foi tomada: Já com o terreno disponível, decidiram iniciar o projeto do Centro de Espiritualidade Coração Novo que será composto pelo Santuário do Cordeiro e uma casa de retiros.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *